Domingo, 24 de Junho de 2012

Luís de Almeida (1525-1583)

 

 

 

 Oita, Japão

 

 

 

Luís de Almeida foi o primeiro português a chegar a Nagasaki, em 1567. Introduziu no Japão a Medicina e a Cirurgia europeias. Não foi, contudo, o primeiro europeu a fazer de médico no Japão. Fernão Mendes Pinto estivera em Bungo em 1543. Ao verificar que o acesso à medicina chinesa era difícil e caro e que qualquer novidade na área dos cuidados médicos se podia tornar bem-vinda, exerceu medicina e praticou cirurgia, sem ter aprendido nem uma coisa nem outra. Na opinião do próprio, teve um sucesso assinalável.

Almeida não fez mais porque, segundo C.R. Boxer, a medicina europeia daquela época tinha pouco para ensinar. Ainda assim, o jesuíta português introduziu no Japão o moderno conceito de Hospital.

O êxito fulgurante da introdução do cristianismo no Japão, levado a cabo por um punhado de missionários da Companhia de Jesus, surpreende quem lê a História desse tempo. Foi, contudo, sol de pouca dura.

 

 

texto integral aqui

 

 

 esta e outras fotografias aqui

 

 

Barbarian medicine in feudal Japan aqui

 

 

Luís de Almeida, Santo Popular japonês aqui 

 

publicado por VF às 11:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 17 de Junho de 2012

João Rodrigues (1562-1633?)

 

 

 

Whose Sleeves? (Tagasode)

Japan, late 16th century


 

 

Joao Rodrigues was born about 1562 at Sernancelhe in northern Portugal and sailed to the East while still a boy of twelve or thirteen years of age. He entered the Jesuit Order in Japan and obtained such a proficiency in Japanese that he acted as Valignano’s interpreter at the audience granted by Hideyoshi in 1591. From that date onwards he made frequent visits to court, acting as spokesman for the Jesuit missionaries and interpreter for the delegations of Portuguese merchants. After Hideyoshi’s death in 1598, Tokugawa Ieyasu continued to favor him and even appointed him as his commercial agent in Nagasaki. Jealousy and resentment on the part of local officials resulted in his exile to Macao in 1610 after living in Japan for thirty-three years, during which time he met many of the leading political and artistic figures of the day. [...]

In addition to his business activities in Japan he found time to publish at Nagasaki in 1608 the Arte da Lingoa de Iapam, a truly monumental work, for it was the first systematic grammar of the Japanese language. Not only does he describe the spoken and written language in exhaustive and possibly excessive detail, but he includes for good measure fascinating accounts of Japanese poetry, letter writing, and history.[...] It is in his account of Japanese art that he displays his outstanding talent, and his description of the tea ceremony, flower arrangement, painting, lacquerwork and calligraphy is unrivaled in contemporary European reports. His appreciation of the Japanese artistic temperament is remarkable, and he accurately and sympathetically portrays the elusive feeling of sabi, the transcendental loneliness of the homo viator in this fleeting world of dew, and the sentiment of wabi, the spirit of disciplined and aesthetic frugality in art and life.
 [...] Writing about the spirit of the tea ceremony, Rodrigues observes:

 

Hence they have come to detest any kind of contrivance and elegance, any pretense, hypocrisy and outward embellishment, which they call keihaku in their language…
Instead, their ideal is to promise little but accomplish much; always to use moderation in everything; finally, to desire to err by default rather than by excess…The more precious the utensils are in themselves and the less they show it, the more suitable they are.


It would be difficult to improve on this summary description of the traditional Japanese canon of taste. Written today by a Westerner, the passage would indicate a commendable understanding and appreciation of an essentially alien culture; to have been written three and a half centuries ago reveals Joao Rodrigues as a unique interpreter not only of the language but also of the artistic genius of the Japanese people.

 

Michael Cooper

in The Southern Barbarians
, The First Europeans in Japan

[Japan Described: The reports of the Europeans]

M. Cooper, A. Ebisawa, F.G. Gutierrez, Diego Pacheco 


Edited by Michael Cooper

Kodansha Ltd, Japan and Palo Alto, Calif.U.S.A. in cooperation with Sophia University, Tokyo, 1971.

 

 

aqui

 

 

 

Notas:


Imagem: Whose Sleeves? (Tagasode) aqui

Texto citado aqui

Azuchi–Momoyama Period aqui 

 

 

Prémio Rodrigues, o Intérprete aqui

 

publicado por VF às 11:56
link do post | comentar | favorito
Domingo, 10 de Junho de 2012

Portugal-Japão

 

Nagasaki Kunchi Festival (2011)

 

 

The Kunchi festival of Nagasaki was first celebrated in 1634.The festival was originally part of the bakufu policy to forge a Yamato spirit for Nagasaki, which up to 1614 had been Japan's only Christian town. The Kunchi festival started out as an anti-Christian festival, in which the anti-Christian forces in Nagasaki - the bakufu, Shinto, Buddhism and the brothel wards - all joined hands to provide an alternative to the famous Easter processions, which had been performed throughout the city during the Christian period (1570-1614).

After a devastating fire in 1857, Nagasaki Kunchi became a "new" festival in which the participating neighborhoods were free to innovate and to compete with each other in creating opulent and eye-catching performances. The result is the stunning array of presentations we see today, many of which reflect the international color and unique history of Nagasaki.

 

 

 

 

Suwa shrine (main location) Iwaibune ("celebration ship"). 

 


 

Nagasaki Kunchi Festival 2011

 

 

 

Nagasaki Kunchi Festival 2011

 

 

 

 

 

Nagasaki Kunchi Festival 2011

The dragon, Kokkodesho?

 


Captions: from text by Reinier Hesselink here

 

 

Embaixada de Portugal em Tóquio aqui

 

The Last Nan Ban Jin, Aventuras e desventuras de um português no Japão, em pleno Século XXI aqui 

 

 

Nagasaki

 

 

 

 

publicado por VF às 01:11
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 5 de Junho de 2012

Isabel II (Jubileu de Diamante)

 

 

 

 

 

Chegada de Isabel II à Doca das Fontaínhas, Setúbal, 16 de Fevereiro de 1957

 

 

 

 

Sobre a Raínha Isabel II e a sua primeira e mais importante visita de Estado a Portugal, um artigo da Revista "Máxima" aqui

 

 

The Queen By Cecil Beaton aqui

 

 

 

Nota:

Fotografia de imprensa de autoria desconhecida, encontrada no espólio familiar. Por coincidência é uma das que ilustra o artigo da Máxima sobre esta visita de Isabel II. Não encontrei outras reproduções desta fotografia na internet.

 

 

publicado por VF às 00:00
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

pesquisar

mais sobre mim

posts recentes

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

O Bloco-Notas de José Cut...

tags

todas as tags

links

arquivos

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Creative Commons License
This work by //retrovisor.blogs.sapo.pt is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Blogs Portugal

blogs SAPO

subscrever feeds