4.1.09

 

 

 


Madrid, 1944

 

 

Gostava que "Retrovisor, um Álbum de Família" abrisse na época do namoro dos meus pais, para depois voltar atrás, à infância e juventude de ambos, seguida dos restantes capítulos. Parecia-me mais cativante apresentá-los primeiro juntos, e foi por aí que comecei, mas aos poucos percebi que me faltavam o domínio de escrita e os conhecimentos necessários para fugir à ordem cronológica sem correr o risco de fazer o leitor perder o fio à meada.

Tudo o resto foi pesquisado, digitalizado e escrito por ordem cronológica, à qual toda a minha narrativa acabou por obedecer.

 

Consegui, em contrapartida, a conselho do leitor a quem mostrei a primeira versão completa, incluir os meus avós na história central, depois de inicialmente os ter associado aos meus bisavós numa secção separada, que apareceria no fim. E agora que o livro está quase pronto vejo que não poderia ser doutra maneira, à luz do papel que os meus avós tiveram na vida dos meus pais, assim como na minha vida e na dos meus irmãos.

 

 

 

Se é a primeira vez que visita este blog leia mais sobre o álbum de família aqui

link do postPor VF, às 14:18  comentar

pesquisar neste blog
 
mais sobre mim
Translator
sitemeter
contador sapo